Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Hospitalares

Por: Percepta Engenharia

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DOS SERVIÇOS DE SAÚDE – PGRSS

5

A empresa Percepta Engenharia também atua na elaboração e implementação de Plano de Gerenciamento dos Resíduos dos Serviços de Saúde – PGRSS, que trata-se de um conjunto de procedimentos de gestão que visam o correto gerenciamento dos resíduos produzidos nos estabelecimentos que prestam serviços de saúde.

Esses procedimentos devem ser, planejados e implementados a partir de bases científicas e técnicas, normativas e legais, com o objetivo de minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados, um encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente.

O PGRSS é um plano para gerenciar os resíduos provenientes dos serviços de saúde, seguindo, rigorosamente as legislações ANVISA RDC 306 e CONAMA 358.

O PGRSS gerenciamento deve abranger todas as etapas de planejamento dos recursos físicos, dos recursos materiais e da capacitação dos recursos humanos envolvidos no manejo dos Resíduos Sólidos.

QUEM DEVE FAZER O PGRSS ?

Todos os geradores de Resíduos de Serviços de Saúde.

Todo gerador deve elaborar um PGRSS baseado nas características dos resíduos gerados e na classificação desses resíduos, estabelecendo as diretrizes de manejo dos resíduos de saúde.
Para efeito deste Regulamento Técnico, definem-se como geradores de resíduos de saúde todos os serviços relacionados com o atendimento à saúde humana ou animal, inclusive os serviços de assistência domiciliar e de trabalhos de campo; laboratórios analíticos de produtos para saúde; necrotérios, funerárias e serviços onde se realizem atividades de embalsamamento (tanatopraxia e somatoconservação); serviços de medicina legal; drogarias e farmácias inclusive as de manipulação; estabelecimentos de ensino e pesquisa na área de saúde; centros de controle de zoonoses; distribuidores de produtos farmacêuticos, importadores, distribuidores e produtores de materiais e controles para diagnóstico in vitro; unidades móveis de atendimento à saúde; serviços de acupuntura; serviços de tatuagem, dentre outros similares.

O PGRSS É OBRIGATÓRIO?

Sim. Todo gerador de resíduos de serviços de saúde deverá elaborar um PGRSS.

TREINAMENTO:

O treinamento especializado deve conter informações sobre a geração, a contaminação e a diferenciação dos resíduos produzidos no estabelecimento. Além disso, o treinamento deve abranger também o Monitoramento e a Avaliação do próprio Planos, contendo as Metas de melhorias a serem atingidas em todas as etapas da geração de resíduos.

Etapas:

  • Segregação
  • Acondicionamento
  • Identificação
  • Coleta e Transporte Interno
  • Armazenamento Temporário
  • Tratamento (quando necessário)
  • Armazenamento Externo
  • Coleta e Transporte Externo
  • Disposição Final

Deseja saber mais?

Orçamentos, visitas, dúvidas...
Estamos à disposição.

Entre em contato